Seja bem-vindo. Hoje é

26 de set de 2013

 
"Enquanto a sociedade mantiver a sua rigidez e as suas múltiplas, patentes ou ocultas formas de repressão, onde a vida não pode desenvolver-se em
toda a plenitude e dignidade, a poesia deverá ser o que ela já é nos mais significativos poetas do nosso tempo: uma afirmação de dignidade e de liberdade humana"
.
[António Ramos Rosa]

(Faro, 17 de Outubro de 1924 - Lisboa, 23 de Setembro de 2013)

Nenhum comentário:

Postar um comentário