Seja bem-vindo. Hoje é

14 de ago de 2009

Licor


(Magnolia sprengeri 'Copeland Court')


existe uma flama perpétua na alma
que nos liga ao indivisível arquejar do sopro divino.

apesar do tecido poroso que se estende para lá das dobras,
a melodia da água pulsa,
nas ondas do incomensurável,
em ténues suspiros que nos chamam incessantemente.

nos estios dourados,
tristezas também fazem as magnólias em flor.

e o pólen beija as searas em chuva.


Vicente Ferreira da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário