Seja bem-vindo. Hoje é

1 de ago de 2009

Todas as Noites me Sinto



Todas as noites me sinto
igual aos desconhecidos.
Sou a criança que sou,
só quando o tempo pára.

Fico em mim,
fora dos músculos.

Por que se movem os deuses
quando o sol cresta as formigas?
Lendas da luz da noite
secam todo o movimento.

Seguro a vida
por desespero.



Orlando Neves
in "Trovas da Infância na Aldeia"
(1935-2005)

Um comentário:

  1. Não conhecia este blog.

    Mas conheci o Orlando Neves, pessoalmente e com quem passei a trocar livros.
    Tem uma obra imensa e de superior qualidade.

    Cumprimentos

    ResponderExcluir